Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Desporto. Historias e ideias.

Blog de vários temas desde desporto a tudo o que for importante escrever e partilhas como aprender

Desporto. Historias e ideias.

Blog de vários temas desde desporto a tudo o que for importante escrever e partilhas como aprender

Félix da Costa vence Grande Prémio de Macau

21.11.12, contador de historias

O jovem piloto português António Félix da Costa conseguiu este domingo um dos seus maiores feitos, ao vencer o 59. Grande Prémio de Macau em Formula 3, confirmando assim o favoritismo que lhe tinha sido atribuído na véspera depois de se ter imposto na corrida de qualificação.

 

No domingo o piloto português arrancou para a corrida principal da pole position e apesar de ter perdido alguns metros no momento em que se acenderam os semáforos verdes, o jovem piloto conseguiu recuperar a vantagem na travagem para a complicada curva do Hotel Lisboa.

 

De seguida, Félix da Costa repetiu o que tinha feito na véspera ao afastar-se de Félix Rosenqvist, conseguindo assim aumentar a diferença para o piloto sueco da Mucke Motorsport, contudo este viria a tentar novamente um ataque ao piloto português após uma situação de “Safety car”, devido a um acidente entre os últimos pilotos.

 

No reatamento da prova, Rosenqvist ainda conseguiu colocar-se ao lado de Félix da Costa na travagem do Hotel Lisboa, no entanto o jovem piloto português manteve-se no interior da curva e na frente da corrida, liderando assim até ao final, tendo ainda conseguindo por várias vezes a volta mais rápida.

 

Referir que antes do final da corrida ainda surgiu uma situação com bandeiras amarelas, devido a um novo acidente, mas desta vez sem neutralização da prova.

 

Assim em segundo lugar ficou Félix Rosenqvist e em terceiro lugar Alex Lynn que repetiu a posição de sábado.

 

No final da prova o piloto português falou às notícias desportivas e disse: “ “Foi uma corrida muito difícil. Fiz todas as voltas no limite. O Rosenqvist passou-me na largada mas conseguiu ir no seu cone de ar e passa-lo novamente. Depois consegui, felizmente, manter-me na frente após a entrada do safety car e a partir dessa altura consegui ganhar sempre tempo no segundo sector.”

 

“Não foi fácil manter a concentração. E nas últimas voltas já estava em lágrimas. Todas as voltas são especiais mas a última foi mais intensa. Tenho de agradecer à minha equipa, que conseguiu dar-me um carro perfeito. Há tantos nomes famosos na lista de vencedores nesta prova. E agora está lá o meu”, concluiu, emocionado, o jovem piloto português de 21 anos.

 

No próximo fim-de-semana realiza-se o ultimo Grande Prémio da época em Fórmula 1, referir que pode assistir ao Grande prémio do Brasil em f1 online.