Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Desporto. Historias e ideias.

Blog de vários temas desde desporto a tudo o que for importante escrever e partilhas como aprender

Desporto. Historias e ideias.

Blog de vários temas desde desporto a tudo o que for importante escrever e partilhas como aprender

Ano a Ano 2011 e 2012

02.01.12, contador de historias
Pois em 2011 ministro diz que é o principio da fim da crise.
Gostava muito de acreditar nessa frase.
Outros como preferem ver se livre da crise. Acreditam no fim do mundo.
Verdade nem uma coisa nem outra.
A crise acentua se por que com o aumento dos impostos os Portugueses são obrigados a gastar menos.
Assim o governo não arrecada o dinheiro em impostos que estava há espera.
Ainda hoje o homem mais rico de Portugal passa a seda da sua grande empresa para a Holanda.
Cada vez mais se vai fugir ao impostos.
Os ricos são os primeiros a fugir aos impostos.
Os problemas agravam se a todos os níveis.
Vão dizer que a culpa é do euro.
Existiram altura que muita gente se queixou sem razão. Mas tenho a serteza que agora podem se queixar com razão.
Os transportes públicos fazem exageradas greves, sem fundamento prejudicando os seus utentes.
Privatizar quase que privatizadas até dão lucro e os funcionários têm mais prazer em trabalhar. E ganhavam menos privatizados e todos contentes.
A economia não anda bem e a politica também não.
Existem muitas coisas boas e muitas coisas más.
Vamos acreditar que se conseguem fazer "pequenos milagres" e por Portugal andar para a frente.
Mas é preciso todos os Portugueses contribuírem para um Portugal melhor.
Políticos devem ser os primeiros a dar o exemplo com acções.
A Igreja também pode contribuir ajudar os que mais precisam.
Os pobres e os ricos unirem se para construir um Portugal melhor.
União e paz familiar e amigos é necessária.
Vamos ultrapassar todas as crises.
Apostar em produtos Portugueses. Mas para isso é necessário serem mais baratos.

Ano a Ano 2011 e 2012

02.01.12, contador de historias
Pois em 2011 ministro diz que é o principio da fim da crise.
Gostava muito de acreditar nessa frase.
Outros como preferem ver se livre da crise. Acreditam no fim do mundo.
Verdade nem uma coisa nem outra.
A crise acentua se por que com o aumento dos impostos os Portugueses são obrigados a gastar menos.
Assim o governo não arrecada o dinheiro em impostos que estava há espera.
Ainda hoje o homem mais rico de Portugal passa a seda da sua grande empresa para a Holanda.
Cada vez mais se vai fugir ao impostos.
Os ricos são os primeiros a fugir aos impostos.
Os problemas agravam se a todos os níveis.
Vão dizer que a culpa é do euro.
Existiram altura que muita gente se queixou sem razão. Mas tenho a serteza que agora podem se queixar com razão.
Os transportes públicos fazem exageradas greves, sem fundamento prejudicando os seus utentes.
Privatizar quase que privatizadas até dão lucro e os funcionários têm mais prazer em trabalhar. E ganhavam menos privatizados e todos contentes.
A economia não anda bem e a politica também não.
Existem muitas coisas boas e muitas coisas más.
Vamos acreditar que se conseguem fazer "pequenos milagres" e por Portugal andar para a frente.
Mas é preciso todos os Portugueses contribuírem para um Portugal melhor.
Políticos devem ser os primeiros a dar o exemplo com acções.
A Igreja também pode contribuir ajudar os que mais precisam.
Os pobres e os ricos unirem se para construir um Portugal melhor.
União e paz familiar e amigos é necessária.
Vamos ultrapassar todas as crises.
Apostar em produtos Portugueses. Mas para isso é necessário serem mais baratos.

Ano a Ano 2011 e 2012

02.01.12, contador de historias
Pois em 2011 ministro diz que é o principio da fim da crise.
Gostava muito de acreditar nessa frase.
Outros como preferem ver se livre da crise. Acreditam no fim do mundo.
Verdade nem uma coisa nem outra.
A crise acentua se por que com o aumento dos impostos os Portugueses são obrigados a gastar menos.
Assim o governo não arrecada o dinheiro em impostos que estava há espera.
Ainda hoje o homem mais rico de Portugal passa a seda da sua grande empresa para a Holanda.
Cada vez mais se vai fugir ao impostos.
Os ricos são os primeiros a fugir aos impostos.
Os problemas agravam se a todos os níveis.
Vão dizer que a culpa é do euro.
Existiram altura que muita gente se queixou sem razão. Mas tenho a serteza que agora podem se queixar com razão.
Os transportes públicos fazem exageradas greves, sem fundamento prejudicando os seus utentes.
Privatizar quase que privatizadas até dão lucro e os funcionários têm mais prazer em trabalhar. E ganhavam menos privatizados e todos contentes.
A economia não anda bem e a politica também não.
Existem muitas coisas boas e muitas coisas más.
Vamos acreditar que se conseguem fazer "pequenos milagres" e por Portugal andar para a frente.
Mas é preciso todos os Portugueses contribuírem para um Portugal melhor.
Políticos devem ser os primeiros a dar o exemplo com acções.
A Igreja também pode contribuir ajudar os que mais precisam.
Os pobres e os ricos unirem se para construir um Portugal melhor.
União e paz familiar e amigos é necessária.
Vamos ultrapassar todas as crises.
Apostar em produtos Portugueses. Mas para isso é necessário serem mais baratos.