Blog de vários temas desde desporto a tudo o que for importante escrever e partilhas como aprender
Sexta-feira, 11 DE Novembro 2011
Temos breve a Pensar no Natal. 
As grandes publicidades já começaram aparecer nos ecra da TV. Dentro de pouco tempo entrao as publicidades de Natal pelos jornais, revistas, e principalmente pelas caixas do correio da nossa casa. 
O dinheiro que se gasta em publicidade podia se por os produtos mais baratos. 
Podia se fazer uma quantidade mais selectiva em papel, para não "bombardear" com tanta papelada. 
Sim publicidade na Tv, jornais e nas revistas. 
Os meios de comunicação precisam de publicidade para sobreviver. 
Um problema é que todos os anos, Ano Novo novo aumento  de impostos, e aumento dos bens incenciais. 
Aumentos em casa, deminuição da qualidade de vida. 
Com tudo caro, os portugueses so podem gastar dinheiro no exencial. 
O Paìs parece parado pois existem lojas a cada esquina. 
Mas trabalho, que pruduza e faça o Portugal crescer é que pouco existe. 
Temos mais uma vez a "obrigar" os Portugueses a emigrar. 
Mas mais uma agravante a crise é quase mundial e muito europeia. 
Anos que se fala em apertar o cinto. 
Já esta o cinto tão apertado que breve não existe classe media. 
Breve é so pobres ou muito ricos. 
Mas era bom lembrar que o governo não tem dinheiro para alimentar tanto pobre, nem as instituiçoes de soliriedade social. 
Pois muitas das pessoas e empresas que ajudavam, são os que começam infelizmente a pedir. 
É bonito um Portugal moderno. Mas é preciso podermos evoluir com a vida moderna. 
Os Politicos antigos parece que se esta e descobrir algumas "carecas" mas nao me vou alongar. 
Existem algumas coisas do estado que tem de acabar, pois a segurança social não vai ter tanto dinheiro para alimentar tantos funcionarios, politicos, reformados até idade avançada a receber muito dinheiro .
Mas para quê dar carros a administradores ect. Se todos tem carros proprios tao bons do que o estado lhe dá.
As greves são sempre feitas pelos mesmo prejudicando os que mais precisam. E não resolvem nada com greves e não contibuem para a produtividade de Portugal. Um dia de greve na saude nos transportes os professores ect. prejudicam a vida de realmete de quem têm que trabalhar sem direito a reclamar. 
Espero que seja o mumento de por Portugal a crescer. Faz as reformas para o bem de Portugal. Mas sem olhar aos interesses politicos, partidarios e enteresse de amigos. 
Sem povo não existe país 
Se temos uma historia rica e um Portugal  que tem boas potencialidades temos que aproveita- las
Os portugueses tem de perder a ideia de viver ha espera que lhe dem. E o Estado tambem nao pode tar ha espera que o povo deia sempre porque não o tem também. 
Sim a crise é mundial mas temos de a ultrapassar. 
Olhar para o futuro e deixar o passado. 
Aproveitar os erros do passado para melhorar no futuro de Portugal. 
Como com a crises a divida de Portugal esta se a descobrir gastos onde nao deviam de existrir. 
Desvios e fugas ao estado. 
Ta se haver gastos em obras e em outros serviços, gastou se mais do que inicialmete previsto. Algumas coisas sem fundamento em vez de arramjar ou melhorar outras. 
EX Politicos a ganharem brutais reformas, com brutos ordenados em grandes empresas.
O não é muito bom para Portugal. 
Vão levam Portugal a maiores dificuldades. 
Breve a segurança Social esgota, pois são mais a receber da segurança Social do que a descontar. 
As adeias e ficarem sem pessoas porque não têrm emprego nem deixam construir. 
As cidades intolhadas de miseria por falta de trabalho e rendas muito caras, e salarios baixos. 
Tudo a ficar caro. 
O poder de compra a baixar, pode provocar muita fome e muita pobreza invergonhada. 
O aumento da violencia a varios niveis, um problema grave. Espero que não aumente. Mas a vontade de querer tudo, pode levar a isso. 
Gostava de ter um Portugal melhor para todos. 
Todos tivessem Emprego, Bons cuidados de saude, Boa Educação para os seus filhos.
Ter mais poder de compra. 
Mais amor e solariedade a todos o que rodeiam, amigos, familia, visinhos, colegas de trabalho ect. 
Mais civismo nas estradas. 
Sencibilidade ambiental, mas tambem é preciso crescer Portugal. 
Temos uma gastronomia rica por isso comer comida Portuguesa.
Apoiar os nossos cantores e os nossos Atletas da diversas modalidades.
Votar sempre que houver eleições. 
Criar condições para por Portugal a cescer e por as boas ideias em pratica.
Respeitarem se uns aos outros independetemente da idade, e outras idologias. 
Viva activamente. 


publicado por contador de historias às 19:50
Temos breve a Pensar no Natal. 
As grandes publicidades já começaram aparecer nos ecra da TV. Dentro de pouco tempo entrao as publicidades de Natal pelos jornais, revistas, e principalmente pelas caixas do correio da nossa casa. 
O dinheiro que se gasta em publicidade podia se por os produtos mais baratos. 
Podia se fazer uma quantidade mais selectiva em papel, para não "bombardear" com tanta papelada. 
Sim publicidade na Tv, jornais e nas revistas. 
Os meios de comunicação precisam de publicidade para sobreviver. 
Um problema é que todos os anos, Ano Novo novo aumento  de impostos, e aumento dos bens incenciais. 
Aumentos em casa, deminuição da qualidade de vida. 
Com tudo caro, os portugueses so podem gastar dinheiro no exencial. 
O Paìs parece parado pois existem lojas a cada esquina. 
Mas trabalho, que pruduza e faça o Portugal crescer é que pouco existe. 
Temos mais uma vez a "obrigar" os Portugueses a emigrar. 
Mas mais uma agravante a crise é quase mundial e muito europeia. 
Anos que se fala em apertar o cinto. 
Já esta o cinto tão apertado que breve não existe classe media. 
Breve é so pobres ou muito ricos. 
Mas era bom lembrar que o governo não tem dinheiro para alimentar tanto pobre, nem as instituiçoes de soliriedade social. 
Pois muitas das pessoas e empresas que ajudavam, são os que começam infelizmente a pedir. 
É bonito um Portugal moderno. Mas é preciso podermos evoluir com a vida moderna. 
Os Politicos antigos parece que se esta e descobrir algumas "carecas" mas nao me vou alongar. 
Existem algumas coisas do estado que tem de acabar, pois a segurança social não vai ter tanto dinheiro para alimentar tantos funcionarios, politicos, reformados até idade avançada a receber muito dinheiro .
Mas para quê dar carros a administradores ect. Se todos tem carros proprios tao bons do que o estado lhe dá.
As greves são sempre feitas pelos mesmo prejudicando os que mais precisam. E não resolvem nada com greves e não contibuem para a produtividade de Portugal. Um dia de greve na saude nos transportes os professores ect. prejudicam a vida de realmete de quem têm que trabalhar sem direito a reclamar. 
Espero que seja o mumento de por Portugal a crescer. Faz as reformas para o bem de Portugal. Mas sem olhar aos interesses politicos, partidarios e enteresse de amigos. 
Sem povo não existe país 
Se temos uma historia rica e um Portugal  que tem boas potencialidades temos que aproveita- las
Os portugueses tem de perder a ideia de viver ha espera que lhe dem. E o Estado tambem nao pode tar ha espera que o povo deia sempre porque não o tem também. 
Sim a crise é mundial mas temos de a ultrapassar. 
Olhar para o futuro e deixar o passado. 
Aproveitar os erros do passado para melhorar no futuro de Portugal. 
Como com a crises a divida de Portugal esta se a descobrir gastos onde nao deviam de existrir. 
Desvios e fugas ao estado. 
Ta se haver gastos em obras e em outros serviços, gastou se mais do que inicialmete previsto. Algumas coisas sem fundamento em vez de arramjar ou melhorar outras. 
EX Politicos a ganharem brutais reformas, com brutos ordenados em grandes empresas.
O não é muito bom para Portugal. 
Vão levam Portugal a maiores dificuldades. 
Breve a segurança Social esgota, pois são mais a receber da segurança Social do que a descontar. 
As adeias e ficarem sem pessoas porque não têrm emprego nem deixam construir. 
As cidades intolhadas de miseria por falta de trabalho e rendas muito caras, e salarios baixos. 
Tudo a ficar caro. 
O poder de compra a baixar, pode provocar muita fome e muita pobreza invergonhada. 
O aumento da violencia a varios niveis, um problema grave. Espero que não aumente. Mas a vontade de querer tudo, pode levar a isso. 
Gostava de ter um Portugal melhor para todos. 
Todos tivessem Emprego, Bons cuidados de saude, Boa Educação para os seus filhos.
Ter mais poder de compra. 
Mais amor e solariedade a todos o que rodeiam, amigos, familia, visinhos, colegas de trabalho ect. 
Mais civismo nas estradas. 
Sencibilidade ambiental, mas tambem é preciso crescer Portugal. 
Temos uma gastronomia rica por isso comer comida Portuguesa.
Apoiar os nossos cantores e os nossos Atletas da diversas modalidades.
Votar sempre que houver eleições. 
Criar condições para por Portugal a cescer e por as boas ideias em pratica.
Respeitarem se uns aos outros independetemente da idade, e outras idologias. 
Viva activamente. 


publicado por contador de historias às 19:50
Temos breve a Pensar no Natal. 
As grandes publicidades já começaram aparecer nos ecra da TV. Dentro de pouco tempo entrao as publicidades de Natal pelos jornais, revistas, e principalmente pelas caixas do correio da nossa casa. 
O dinheiro que se gasta em publicidade podia se por os produtos mais baratos. 
Podia se fazer uma quantidade mais selectiva em papel, para não "bombardear" com tanta papelada. 
Sim publicidade na Tv, jornais e nas revistas. 
Os meios de comunicação precisam de publicidade para sobreviver. 
Um problema é que todos os anos, Ano Novo novo aumento  de impostos, e aumento dos bens incenciais. 
Aumentos em casa, deminuição da qualidade de vida. 
Com tudo caro, os portugueses so podem gastar dinheiro no exencial. 
O Paìs parece parado pois existem lojas a cada esquina. 
Mas trabalho, que pruduza e faça o Portugal crescer é que pouco existe. 
Temos mais uma vez a "obrigar" os Portugueses a emigrar. 
Mas mais uma agravante a crise é quase mundial e muito europeia. 
Anos que se fala em apertar o cinto. 
Já esta o cinto tão apertado que breve não existe classe media. 
Breve é so pobres ou muito ricos. 
Mas era bom lembrar que o governo não tem dinheiro para alimentar tanto pobre, nem as instituiçoes de soliriedade social. 
Pois muitas das pessoas e empresas que ajudavam, são os que começam infelizmente a pedir. 
É bonito um Portugal moderno. Mas é preciso podermos evoluir com a vida moderna. 
Os Politicos antigos parece que se esta e descobrir algumas "carecas" mas nao me vou alongar. 
Existem algumas coisas do estado que tem de acabar, pois a segurança social não vai ter tanto dinheiro para alimentar tantos funcionarios, politicos, reformados até idade avançada a receber muito dinheiro .
Mas para quê dar carros a administradores ect. Se todos tem carros proprios tao bons do que o estado lhe dá.
As greves são sempre feitas pelos mesmo prejudicando os que mais precisam. E não resolvem nada com greves e não contibuem para a produtividade de Portugal. Um dia de greve na saude nos transportes os professores ect. prejudicam a vida de realmete de quem têm que trabalhar sem direito a reclamar. 
Espero que seja o mumento de por Portugal a crescer. Faz as reformas para o bem de Portugal. Mas sem olhar aos interesses politicos, partidarios e enteresse de amigos. 
Sem povo não existe país 
Se temos uma historia rica e um Portugal  que tem boas potencialidades temos que aproveita- las
Os portugueses tem de perder a ideia de viver ha espera que lhe dem. E o Estado tambem nao pode tar ha espera que o povo deia sempre porque não o tem também. 
Sim a crise é mundial mas temos de a ultrapassar. 
Olhar para o futuro e deixar o passado. 
Aproveitar os erros do passado para melhorar no futuro de Portugal. 
Como com a crises a divida de Portugal esta se a descobrir gastos onde nao deviam de existrir. 
Desvios e fugas ao estado. 
Ta se haver gastos em obras e em outros serviços, gastou se mais do que inicialmete previsto. Algumas coisas sem fundamento em vez de arramjar ou melhorar outras. 
EX Politicos a ganharem brutais reformas, com brutos ordenados em grandes empresas.
O não é muito bom para Portugal. 
Vão levam Portugal a maiores dificuldades. 
Breve a segurança Social esgota, pois são mais a receber da segurança Social do que a descontar. 
As adeias e ficarem sem pessoas porque não têrm emprego nem deixam construir. 
As cidades intolhadas de miseria por falta de trabalho e rendas muito caras, e salarios baixos. 
Tudo a ficar caro. 
O poder de compra a baixar, pode provocar muita fome e muita pobreza invergonhada. 
O aumento da violencia a varios niveis, um problema grave. Espero que não aumente. Mas a vontade de querer tudo, pode levar a isso. 
Gostava de ter um Portugal melhor para todos. 
Todos tivessem Emprego, Bons cuidados de saude, Boa Educação para os seus filhos.
Ter mais poder de compra. 
Mais amor e solariedade a todos o que rodeiam, amigos, familia, visinhos, colegas de trabalho ect. 
Mais civismo nas estradas. 
Sencibilidade ambiental, mas tambem é preciso crescer Portugal. 
Temos uma gastronomia rica por isso comer comida Portuguesa.
Apoiar os nossos cantores e os nossos Atletas da diversas modalidades.
Votar sempre que houver eleições. 
Criar condições para por Portugal a cescer e por as boas ideias em pratica.
Respeitarem se uns aos outros independetemente da idade, e outras idologias. 
Viva activamente. 


publicado por contador de historias às 19:50
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
13
15
16
19
21
22
23
25
27
29
links
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Boa tarde,peço desculpa pelo meu comentário não es...
Será que é +- daqui a um mês, no próximo encontro,...
Adoro!
Esta época promete ser uma das mais empolgantes na...
Foram uns dias alucinantes no Sporting... Primeiro...
Jorge Jesus já tem um lugar na história do Benfica...
Um atleta que nos enche de orgulho! Parabéns a Nel...
As trocas de palavras eram totalmente desnecessári...
http://www.taylorwebhosting.com U$$ 1.12per mont...
http://www.taylorwebhosting.com U$$ 1.12per mont...
Posts mais comentados
blogs SAPO